TROVAS DE AMOR


O primeiro amor da gente
deve ter gosto dobrado;
chegam uns e vão-se outros
aquele é sempre lembrado.

(Anônimo)

Você diz que amor não dói;
dói dentro do coração:
queira bem e viva ausente,
veja lá se dói ou não. 

(Anônimo)

Amor é um jeito feliz
de se olhar o bem-amado;
se ele tem grande o nariz
o Amor não olha de lado
.

(H. de Lima)

Quem pintou o amor cego
não o soube bem pintar:
o amor nasce da vista
depois é que faz cegar. 
(Anônimo)

Ciúme é como tempero
que faz gostosa a comida:
tempero demais no prato,
que coisa aborrecida!

(Anônimo)

Para que o amor não pereça
nos ardores da paixão,
é preciso que a cabeça
converse com o coração. 
(H. de Lima)

Quem dá o seu coração
àquele que não conhece,
por muitas penas que passe
dobradas penas merece. 
(Anônimo)

O amor é um carro, na vida,
com freio... para pensar;
acaba dando batida
quem só quer acelerar. 
(H. de Lima)