Quero que me escute sem julgar-me

Quero que me dê sua opinião, sem aconselhar-me

Quero que confie em mim, sem exigir-me

Quero que me ajude
sem intentar decidir por mim

Quero que cuide de mim sem anular-me

Quero que me olhe
sem projetar suas coisas em mim

Quero que me abrace sem asfixiar-me

Quero que me anime sem empurrar-me

Quero que me ampare
sem ficar tomando conta de mim

Quero que me proteja sem mentiras

Quero que se aproxime sem invadir-me

Quero que conheça as coisas minhas
que mais o aborrecem,
que as aceite e não pretenda mudá-las.

Quero que saiba...
que hoje pode contar comigo sem condições.
 

(Jorge Bucay)