Na Índia, os místicos e os poetas,
perguntaram-se muitas vezes
o que é uma pessoa santa.
E chegaram a respostas maravilhosas:

"A PESSOA SANTA É UMA ROSA"
Já ouviu uma rosa dizer:
- Darei meu perfume
só às pessoas boas que me cheirem
e negarei meu perfume
às pessoas más?
Não, não!
Espalhar o perfume
é da natureza da rosa.

"A PESSOA SANTA
É COMO UMA LÂMPADA ACESA
NUM QUARTO ESCURO"
Pode uma lâmpada dizer:
- Iluminarei somente as pessoas boas
e esconderei minha luminosidade
às pessoas más?

"A PESSOA SANTA É COMO UMA ÁRVORE"
Ela dá sombra tanto às pessoas boas
como às pessoas más.
A árvore dá sua sombra
mesmo à pessoa que o está cortando.
E se for uma árvore aromática,
deixará seu perfume no machado.

(Antony de Mello)