A "arte de ACEITAR"

é a arte de levar a pessoa que acaba de fazer um pequeno favor

a lastimar não ter feito um maior.

(Autor desconhecido)

 

ACEITA com agrado a chamada de Deus,

sem temor ao que possa pedir.

(Autor desconhecido)

 

Não há nada mais importante do que ser livre,

e você pode ser livre

no momento de ACEITAR a responsabilidade

por tudo que lhe acontece.

(David Viscott)

  

Tudo que é ACEITO sem questionamento

vira rotina.

(Basíllio Prim)

 

Amadurecer é ACEITAR os próprios limites.

(Artur da Távola)

  

O verdadeiro amigo é aquele do qual podemos ACEITAR

os presentes sem que tenhamos nada a lhe dar.

(M. Simon)

  

Dai-nos forças, Senhor, para ACEITAR com serenidade

tudo o que não possa ser mudado.

Dai-nos coragem para mudar o que pode e deve ser mudado.

E dai-nos a sabedoria para distinguir uma coisa de outra.

(Hart)

  

A possibilidade de ACEITAR-se a si mesmo

é a possibilidade de ser livre.

(Autor desconhecido)

  

ACEITO o tempo, as pessoas e as coisas tais como são:

Deus não poderia fazê-los diferentes só por minha causa.

(Bismark)

  

Quem não gosta de você, traduz um lado seu,

que você não percebe, não ACEITA e seu não considera ser.

(Artur da Távola)

  

Juventude é aquela fase da vida

em que nos consideramos muito velhos

para ACEITAR conselhos.

(Autor desconhecido)

  

Nunca chegamos a ACEITAR a idéia

de que os demais contam menos conosco

do que nós contamos com eles.

 (Graham Greene)

  

É completamente certo que Deus não faz acepção de pessoas:

ele me ACEITOU!

(Autor desconhecido)

  

Não podemos crer na total transparência dos seres;

é necessário ACEITAR que os outros tenham segredos, regiões de solidão.

A maior prova de amor será colocar-se à distância e não querer aí penetrar.

(Autor desconhecido)

  

Devemos ACEITAR as pessoas como são.

Ajudar sem nenhum tipo de rechaço;

sem tolerar que brote em nosso ânimo

o menor vislumbre de repugnância, hostilidade ou desprezo.

Somente assim se pode compreender.

(Juan Antonio Vallejo-Nágera)

 

(Do livro "3001 PENSAMENTOS" de Gerardo Cabada

Ed. Loyola - São Paulo)