COROA DE ADVENTO


Mesmo que se trate de uma devoção própria do advento, vale a pena recordá-la pois, além de ser  bastante popular, sua finalidade é preparar a vinda do Natal. Sua origem se remonta aos tempos anteriores a Cristo, aos frios e tenebrosos invernos do norte da Europa, quando dentro das moradias se acendiam velas ao “deus sol”, pedindo o retorno de sua luz e de seu calor, e ao seu redor colocavam-se folhas verdes, chamando de volta a primavera.
 

O cristianismo assimilou este costume dando-lhe um novo significado: a luz das velas à espera da verdadeira Luz do Mundo: o Filho de Deus. O verde das folhas representando a esperança, e os laços ou rosas vermelhas, que às vezes se colocam entre as folhas verdes, representando o amor.

 

A coroa é feita com quatro velas, em círculo, representando as quatro semanas de advento. Às vezes, colocam-se cinco velas, sendo que a quinta vela fica no centro, é branca e acende-se na noite de Natal. Das outras velas, três costumam ser roxas, a cor do advento, e rosa, a quarta, sinal de alegria pela proximidade do natal. Não é raro, também, coroas com uma vela de cada cor. No primeiro domingo acende-se uma vela, no segundo, duas, e assim por diante.

 


   VOLTAR