A SENTINELA

 

No seu primeiro dia de serviço como sentinela, o recruta estava um pouco nervoso. Suas ordens eram deixar passar somente os carros com uma licença especial colocada no vidro da frente. 

 

O primeiro carro que chegou era um carro oficial levando um alto chefe militar. O carro foi barrado porque não trazia a licença no vidro da frente. Então, o alto chefe militar ordenou ao motorista:

- Siga reto!

- Sinto muito, senhor! - replicou o sentinela humildemente. - Como seu carro não tem licença no vidro não posso deixá-lo passar.

- Siga reto!!! - ordenou de novo o alto chefe ao motorista.

- O senhor desculpe! - pediu o recruta. - Eu sou novo aqui. Podia informar-me em quem atiro primeiro: no senhor ou no motorista?

 

(Autor desconhecido)