O sujeito vai ao médico, caindo de bêbado. Na consulta, o doutor lhe pergunta:

- Nome?

- Juvenal dos Santos!

- Idade?

- 32 anos

- O senhor bebe?

- Doutor, vou aceitar um golinho só pra acompanhá-lo!

 

 

O médico tenta examinar o paciente que está completamente embriagado.

- O senhor toma muito álcool?

- Não, doutor ! Muito difícil... só mesmo quando não tem uma cachacinha por perto!

 

 

Dois bêbados conversam num bar:

- Perdi minha mulher por causa da bebida!

- Ela te largou?

- Não, foi atropelada por um caminhão de cerveja!

 

 

O bêbado chegava todo dia no boteco, pedia uma pinga, tapava o nariz e tomava tudo num só gole. Um dia o balconista não se conteve:

- Escuta aqui, ó cara! Porque você tapa o nariz enquanto bebe?

- É que o cheiro da pinga me dá água na boca... e eu gosto dela é pura!

 

 

O bêbado ia subindo uma ladeira, firmemente agarrado a sua inseparável garrafa de cachaça, quando tropeça e leva o maior tombo.

Refeito do susto, sente algo molhado debaixo da camisa:

- Ai, meu Deus! - lamenta-se - tomara que seja sangue!

 

 

Um bêbado entra na igreja. Todos estão de pé e o padre está falando:

- O álcool é a desgraça do homem! Os que queiram ficar livres dele, sentem-se!

Todos os fieis se sentaram. Então o bêbado, lá na porta, grita para o padre.

- Só nós dois mesmo, né padre?

 

 

 (Colaboração de EDUARDO VENTURELLI)