A polícia rodoviária entra numa estradinha secundária, onde raramente passa algum carro, e fica surpresa ao encontrar-se com uma longa fila de carros, rodando lentamente, sem poderem ultrapassar por causa das numerosas curvas.

 

Liga a sirene e avança na contramão para verificar o que está acontecendo.

 

Bastantes curvas depois, encontra o causador de todo aquele engarrafamento.

 

Um carrinho bem antigo, dirigido por um velhinho, bem velhinho, segurando o volante com firmeza e andando bem devagarzinho, com os olhos fixos na estrada.

 

O carro da polícia encosta no carrinho e o policial grita pra ele:

- Comé? Não pode correr um pouco mais?

- Pra quê? - responde o velhinho, depois de olhar para trás - vou o primeiro!