Tava o povo lá na venda tomando uma pinguinha quando chega um valentão da cidade grande, e aos berros, vai dizendo para intimidar...

- Aqui dentro não tem macho!!!

 

Esperou uma resposta, que não veio, então, com mais ênfase ainda, completou:

- Eu disse que aqui dentro não tem macho!!!

 

Todos continuaram em silêncio.

Já se sentindo dono da situação, olhou ao redor, e escolheu o caipira no cantinho do balcão e disse:

- Você não me ouviu? Eu acabei de dizer que aqui dentro não tem macho!!!

 

O mineirinho, tranqüilo, dá uma tragada no seu cigarrinho de palha, uma cuspidela no chão e retruca calmamente:

- É, moço. O sinhô tá cubertin di razão.

Pr’essas banda aqui num tem macho mesmo não. Os que aparece por aqui, nóis mata tudinho.