O mineirinho estava fazendo o serviço militar e, depois de um mês na selva em duros e difíceis exercícios militares, foi dispensado, junto com seus companheiros, para passar uma semana de descanso com suas famílias. O mineirinho desfrutou tanto destas férias inesperadas que nem sentiu o tempo passar. O dia da volta ao quartel chegou...

 

O comandante estava furioso porque nove pracinhas ainda não tinham voltado. Um deles era o mineirinho.

 

Quando chegou o primeiro atrasado, começou logo pedindo desculpas:

- Desculpe, senhor, esqueci da hora e perdi o ônibus. Pra chegar a tempo peguei um táxi e enguiçou no meio do caminho. Um fazendeiro me vendeu um cavalo. Estava voltando e o animal caiu morto. Tive que vir a pé os últimos 16 quilômetros.

 

Mesmo desconfiado, o comandante aceitou a desculpa. Só que depois dele chegaram mais 7 atrasados contando a mesma história: esqueceram a hora, perderam o ônibus, pegaram um táxi, o táxi enguiçou, compraram um cavalo, o cavalo morreu e chegaram a pé.

 

O comandante estava estourando quando chegou o mineirinho.

- Muito bem! - berrou. - Que aconteceu com você?

- Esqueci a hora e perdi o ônibus. Então peguei um táxi...

- Espere aí!!! Não me diga que o táxi enguiçou!!!

- Não, senhor, não enguiçou. Mas havia tanto cavalo morto na estrada que foi muito difícil chegar!