Era uma vez uma andorinha.

 

Quando chegou o inverno, ela, inconformada, não quis voar com as companheiras para outras regiões mais quentes. Mas quando o frio se fez mais intenso, não agüentou e, mesmo relutando, partiu voando em busca de climas mais quentes. O gelo, porém, começou a formar-se em suas asas e a andorinha caiu na terra congelada de uma fazenda de gado.

 

Uma vaca, que passava por ali, cagou exatamente sobre a pequena andorinha. A andorinha pensou que era o fim. Mas a bosta a aqueceu e descongelou suas asas. Quentinha e feliz, abriu um buraquinho na bosta para poder respirar, e começou a cantar.

 

Nesse momento, um enorme gato passava por perto e ouviu o canto do passarinho. Guiado pelos sons, o gato aproximou-se. Tirou a andorinha da bosta e devorou-a.

 

MORAL DA HISTÓRIA

 

1o Nem todo aquele que caga em você é necessariamente um inimigo.

2o Nem todo aquele que tira você da bosta é obrigatoriamente um amigo.

3o Se você está quentinho e feliz num monte de bosta, fique de boca fechada.