OS DOIS CAÇADORES

Dois amigos foram caçar patos perto de uma lagoa. Deitam-se no meio do capim alto e ficam esperando.

 

Como a espera está sendo longa, torna-se meio chata e um dos amigos tira uma garrafinha de cachaça do bolso, toma um gole e oferece ao companheiro:

- Quer um gole?

- Não, obrigado.

- Não sabe o que perde!... Glub!... Glub!... Glub!!!

 

Passa uma hora e não aparece nenhum pato! O dono da cachaça oferece de novo um gole ao amigo:

- Tem certeza de que não quer um gole pra esquentar?

- Não, não. Quero estar com o pulso bem firme na hora de fazer mira.

- Está bom. Eu vou fazer mira na garrafa...Glub!... Glub!... Glub!!!

 

Passa o dia todo sem aparecer um só pato, mas ao anoitecer, de repente, aparece um.

Imediatamente o amigo sóbrio começa a disparar e falha todos os tiros. O outro, que a estas alturas mais parece um gambá, tenta pegar o rifle mas escorrega-lhe das mãos. Finalmente consegue segurá-lo com as mãos tremendo, mira com o olhar perdido sem saber pra onde, e quando o pato já está muito longe, dispara um só tiro e mata o pato instantaneamente. O amigo olha para ele incrédulo e lhe diz:

- Mas... como você conseguiu matá-lo?

- Fáááácil... mireeeei... nooo... meeeio... do baaandooooooo!

(Autor desconhecido)