O cientista estava pesquisando as reações da aranha.

Ele arrancou uma patinha da aranha e disse-lhe:

- Aranha, anda!

 

E a aranha andou.

 

Ele escreveu no seu caderno:

"Aranha com 7 patas anda".

 

Aí arrancou mais uma patinha e repetiu:

- Aranha, anda!

 

A aranha andou.

Ele anotou que a aranha com 6 patas andava.

Arrancou mais uma patinha e repetiu a ordem. A aranha andou mesmo com dificuldade.

 

Assim continuou a experiência até que a aranha ficou com apenas um patinha. Mesmo assim a aranha conseguiu se arrastar puxando só com uma pata e assim anotou no seu caderno.

 

Finalmente arrancou a última patinha da aranha.

- Aranha, anda! - disse ele. Mas a aranha não se moveu.

Ele insistiu:

- Aranha, anda!!!... Aranha, anda!!!... Aranha, anda!!!...

 

A aranha continuou imóvel.

Então o cientista fez a última anotação:

"A aranha sem patas não ouve".