Durante a guerra, um soldado, longe da pátria, mergulhado nas trincheiras batidas pelo inimigo, recebia inflamadas cartas de amor da sua namorada.

 

As cartas cruzavam os mares, num exultante "crescendo" amoroso. Os dois namorados pareciam empenhados numa luta romântica pela supremacia em questões de amor.

 

A última carta da namorada parecia insuperável. Além disso, no envelope, com letras claras e garrafais, estava escrito: "CUIDADO!!! INFLAMÁVEL!!!"

 

Mas quando ela recebeu a resposta, viu que a vitória pendia uma vez mais para o bravo soldado. Quando abriu o envelope encontrou dentro apenas um pouco de cinzas...