Um jovem, recém-formado na faculdade, foi convidado a fazer um discurso na festa de aniversário da fundação do colégio onde tinha estudado antes de ir para a universidade.

 Quando chegou a sua vez de falar, dirigiu-se ao estrado carregando uma pasta. Nela estava o roteiro de seu discurso, muito bem preparado, com todas as citações, apostilas e outros documentos suplementares, prontos para ilustrar suas palavras. Subiu os degraus com o peito estufado e cheio de confiança.

 Seu discurso, infelizmente, foi um fracasso: tropeçou nas citações, emaranhou-se no roteiro e misturou as apostilas e os documentos que trazia para completar sua fala.

 Desceu do estrado, pelo outro lado, cabisbaixo e humilhado.

 Um antigo professor do colégio de quem tinha sido aluno, chamou-o e cochichou nos seus ouvidos:

- Se você tivesse subido conforme está descendo, estaria descendo conforme subiu.

(Autor desconhecido)