A RAPOSA ALEIJADA

Um homem, ao passar pela floresta, viu uma raposa com as patas aleijadas e admirou-se como, assim, sobrevivia. Nesse momento apareceu um tigre que trazia entre os dentes, caça nova. Comeu a fera o quanto quis, deixando o resto ao lado da raposa.

No dia seguinte a mesma coisa: o homem observou como Deus alimentava a raposa usando o mesmo tigre. Ele admirou a bondade de Deus e assim pensou consigo mesmo:

- Eu também vou deitar-me, nalgum cantinho, com muita confiança no Senhor e Ele vai mandar-me quanto me é necessário.

De fato, assim o fez, por muitos dias, mas nada aconteceu e o pobre estava já às portas da morte quando ouviu uma voz que dizia:

- Estás na trilha do erro! Abre teus olhos e contempla a Verdade! Segue o exemplo do tigre e deixa de imitar a raposa aleijada!

(Antony de Mello)