Um caricaturista desempregado escreveu para um dos principais jornais locais, pedindo trabalho. Ele foi prontamente avisado de que o jornal não estava precisando de um caricaturista.

 

Ao invés de deixar que a resposta negativa o desanimasse, aceitou a situação como um desafio. Sentou-se, em seguida, e desenhou uma caricatura nas costas de um cartão postal e o remeteu para o jornal.

 

Cada semana ele enviava uma nova caricatura. Após cinqüenta e duas semanas e cinqüenta e dois cartões, ainda não havia recebido nenhuma resposta, e admitiu que estava quase desanimado.

 

Recusou-se, porém, a ceder. Sua caricatura seguinte representava um alto prédio sem portas e janelas no primeiro piso. Um homem, com a expressão de desespero em seu rosto, corria em volta do prédio, gritando: "Deve haver um meio de  entrar!"

Desta vez o jornal enviou um telegrama: "Venha e comece. Nós nos rendemos!".


(Autor desconhecido)