Buda, o mestre religioso fundador do Budismo, reuniu seus discípulos, e mostrou-lhes uma flor de lótus, símbolo da pureza, porque cresce imaculada em águas pantanosas.

- Quero que me digam algo sobre isto que tenho nas mãos - pediu Buda.

 

O primeiro fez um verdadeiro tratado sobre a importância das flores.

 

O segundo compôs uma linda poesia sobre suas pétalas.

 

O terceiro inventou uma parábola usando a flor como exemplo.

 

Quando chegou a vez do quarto discípulo (Mahakashyao), este aproximou-se de Buda, cheirou a flor, e acariciou seu rosto com uma das pétalas.

- É uma flor de lótus - exclamou. - Simples e bela.

- Você foi o único que viu o que eu tinha nas mãos - disse Buda.

 

(História budista)