Em Santa Fé, estado do Novo México (EUA), há um mistério que já dura 130 anos e que atrai cerca de 250 mil visitantes por ano. Destino: Capela Loretto. O que torna a capela diferente de todas as outras é que a protagonista do suposto milagre ocorrido nela, é uma escada.

 A capela foi construída no final do século XIX. Quando ficou pronta, as freiras sentiram falta de uma escada que as levasse até o pavimento superior. Então fizeram uma novena  a São José, que era carpinteiro, e no último dia, um desconhecido bateu na porta, disse que era carpinteiro e que poderia construir a escada. Sem ajuda de ninguém, ele construiu a escada que é considerada um prodígio de carpintaria.

Ninguém sabe como ela ficou de pé.  A escada não tem suporte central e o carpinteiro não usou prego nem cola. Terminada a escada, ele sumiu sem deixar pistas.  Nem esperou para receber o pagamento. O povo acreditou que o carpinteiro era São José. Um detalhe reforçou a crença no suposto milagre:  a escada tem 33 degraus, a idade de Cristo. A escada passou a ser chamada de “milagrosa” e virou ponto de peregrinação.

 Há três mistérios aqui, explica o porta-voz da capela:

PRIMEIRO MISTÉRIO:

NÃO SE SABE ATÉ HOJE,

QUEM É O HOMEM QUE CONSTRUIU A ESCADA.

 

SEGUNDO MISTÉRIO:

ARQUITETOS, ENGENHEIROS E CIENTISTAS

DIZEM QUE NÃO ENTENDEM

COMO A ESCADA SE EQUILIBRA.

 

TERCEIRO MISTÉRIO:

A ORIGEM DA MADEIRA.

JÁ FIZERAM ANÁLISES E NÃO EXISTE

NADA PARECIDO EM TODA A REGIÃO.

 

 (M. Gallo)