Um faraó egípcio ordenou que várias macacas aprendessem a dançar.

 

O professor de dança ensinou-as a dar vários passos de dança, e, quando estavam prontas, apresentaram-nas em público. Vestiram-nas com finos vestidos de seda e ficaram muito elegantes.

 

A apresentação começou muito bem.

As macacas dançavam ao compasso da música.

 

Mas, um homem da plateia, teve a infeliz ideia de jogar-lhes uma banana. Ao ver a saborosa banana, as macacas se lançaram sobre ela e a festa acabou.

 

Ou melhor, acabou a festa da dança e começou a festa da banana. Porque o público começou a lançar mais bananas e as belas macacas preferiam as bananas à dança.

 

 Ainda que a macaca se vista com finos vestidos,

macaca continua sendo...

(Esopo, fabulista do séc. VII AC)