Um importante gerente de uma grande empresa, estressado, entrou em colapso nervoso. O psiquiatra aconselhou-o a se afastar por duas semanas da sua atividade profissional.

- É conveniente que vá para o interior, se isole do dia-a-dia e busque algumas atividades que o relaxem.

 

Munido de vários livros, CD's, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo. Passados os dois primeiros dias, já havia lido dois livros e ouvido quase todos os CDs, mas continuava inquieto.

 

Pensou então que alguma atividade física seria um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava. Falou com o amigo e pediu para fazer algo.

 

O amigo ficou pensativo. Viu uma montanha de esterco que acabava de chegar e lhe disse:

- Pegue uma pá e espalhe esse esterco por toda aquela área que está sendo preparada para o cultivo. -

O amigo pensou consigo mesmo: "Ele vai gastar uma semana com essa tarefa".

 

Grande engano. No dia seguinte o nosso executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área e pediu uma nova tarefa. O amigo então lhe disse:

 - Estamos iniciando a colheita de laranjas. Vá ao laranjal levando três cestos para distribuir as laranjas por tamanho. Pequenas, médias e grandes.

 

No fim daquele primeiro dia o gerente não retornou. Preocupado, o amigo se dirigiu ao laranjal. Lá estava ele com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando consigo mesmo:

- Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena? Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média? Esta é grande. Não, é pequena. Ou será média?...

 

***   ***   ***

 

Moral da estória: Espalhar merda é fácil. O difícil é tomar decisões.

 

(Autor Desconhecido)