Certa vez, ouvi uma história que mostrava como o elogio funciona.

 

Poucos meses depois de se mudar para uma pequena cidade, uma mulher reclamava a seu vizinho sobre o péssimo serviço que havia recebido de uma mercearia local. Ela sabia que seu vizinho era amigo do proprietário e esperava que ele transmitisse sua queixa.

 

Na visita seguinte que ela fez à mercearia o proprietário recebeu-a com um largo sorriso e disse o quanto estava feliz em vê-la novamente.  

 

Esperava que ela estivesse gostando de sua cidade e, ainda, disse que teria imenso prazer em ajudá-los a se estabelecerem.  

 

Atendeu pronta e eficientemente o pedido que ela fez.

 

Mais tarde, a mulher contou a miraculosa mudança para seu novo amigo.

 - Suponho que você tenha dito a ele como achei ruim seu atendimento, não foi?

- Bem, não - respondeu o vizinho. - A bem da verdade, espero que não se importe, porque eu lhe disse-lhe que você estava surpresa de ele ter conseguido montar numa cidade pequena uma das mercearias mais bem dirigidas que você já havia visto.

 

(Autor desconhecido)