Um excursionista caminhava à beira de um grande lago, procurando uma maneira de atravessá-lo, quando divisou, numa pequena enseada, um velho barqueiro arrumando algumas coisas no seu barco. O moço aproximou-se:

- Quero atravessar para o outro lado do lago. Onde posso encontrar alguém para me levar?

 

O velho olhou-o com atenção e respondeu:

- Dentro de poucos minutos eu vou atravessar o lago com o meu barco. Se quiser uma carona, suba.

 

O excursionista agradeceu muito feliz e ajeitou-se no barco enquanto o barqueiro preparava o necessário. O barco não era novo, mas estava bastante bem conservado. Era movido por dois grandes remos. Nisso o moço percebeu alguma coisa escrita neles e se aproximou para ver melhor. Num dos remos estava escrito: "FÉ" e no outro "AÇÃO".

 

Não podendo conter a curiosidade, o excursionista perguntou a razão daqueles nomes nos remos.  O barqueiro sentou-se no banco, pegou o remo onde estava escrito "FÉ" e remou com toda a força. O barco, então, começou a dar voltas sem sair do lugar em que estava.

 

A seguir, deixou este remo e começou a remar com o outro onde estava escrito "AÇÃO". Novamente o barco girou em sentido oposto, mas sem ir adiante.

 

Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos ao mesmo tempo, remou com todo vigor, e o barco, começou a avançar em direção ao outro lado do lago.

 

Então o barqueiro disse ao excursionista:

- Nunca alcançaríamos o outro lado só com um dos remos. Para conseguir nossos objetivos precisamos de fé e de ação.

 

E continuou a remar com força... com os dois remos!

 

(Autor desconhecido)