Um homem encontrou em seu caminho uma charrete virada que atrapalhava a passagem. O camponês, que conduzia a charrete, pediu ao viajante ajuda para colocá-la no lugar. 

O homem olhou para a charrete e pensou: "Dois homens não conseguirão virar uma charrete tão pesada!" Disse, então, ao camponês:

- É inútil. Eu não posso.

O camponês ficou furioso e respondeu:

- Você pode, mas você não quer! Essa é a verdade. Você não quer!

 Tocado pelo que dissera o camponês, o viajante pôs-se ao trabalho. Procurou umas pranchas e ajudou o charreteiro a deslizá-las sob as rodas. Depois, servindo-se de uma alavanca, os dois homens conseguiram levantar a charrete. O camponês atrelou os bois, colocou de novo a carga no seu lugar e continuou seu caminho.

O viajante disse, então, ao camponês:

- Posso seguir um pouco de caminho ao seu lado?

- Com prazer!

Começaram a andar lado a lado. Depois de um momento de silêncio, o viajante perguntou:

- Como você pôde pensar que eu não queria ajudá-lo?

- Eu pensei porque você disse que não podia. Ninguém sabe se não pode fazer algo antes de tê-lo tentado.

- Mas como você pôde pensar que eu poderia fazê-lo?

- Quando vi que você tinha sido colocado no meu caminho!

- Então, você acredita que sua charrete virou para que eu pudesse ajudá-lo?

- E por qual outra razão seria, meu irmão, - respondeu o camponês.

 

(Lenda oriental)