Uma família de cinco pessoas estava passeando um dia na praia. As crianças tomavam banho de mar e faziam castelos na areia, quando, viram ao longe, uma velhinha se aproximando.  

Um pano defendia sua cabeça dos raios do sol e suas roupas eram sujas e esfarrapadas. Resmungava qualquer coisa, enquanto apanhava coisas na praia e as colocava num saco. Os pais chamaram as crianças e lhes disseram que ficassem longe da velha.

 Quando ela passou, curvando-se de vez em quando para apanhar coisas, sorriu para a família, mas seu cumprimento não foi correspondido.

 Muitas semanas mais tarde, souberam que a velhinha dedicava a vida a apanhar caquinhos de vidro da praia para que as crianças não cortassem os pés.


(Autor desconhecido)