Tenho em minhas mãos duas caixas que Deus me deu.

Ele disse:

- Coloque as suas tristezas na caixa escura e todas as suas alegrias na caixa azul. 

 

Atendi às palavras dele e fiz o que ele disse. Notei que a azul ia ficando cada vez mais pesada, enquanto que a escura era leve, como se estivesse sempre vazia.

 

Fiquei curioso para saber o que estava acontecendo. Abri a caixa escura e percebi que havia um buraco pelo qual as tristezas saiam. Ao perceber isso pensei alto: 

- Gostaria de saber onde as tristezas podem estar.

 

Deus sorriu gentilmente para mim. 

- Meu filho, elas estão aqui comigo. 

- Então por que me deu duas caixas, se uma não guarda nada? 

 

E Deus respondeu: 

- A azul é para você guardar suas bênçãos e suas alegrias; a escura é para que você aprenda a não se apegar a coisas ruins.

 

Fiquei pensando! É assim que deve ser a vida. Guardar bem o amor, os amigos, e jogar fora as tristezas, de um jeito que elas não voltem, arrancando-as do coração. Para que perder tempo com as tristezas e com as coisas ruins?

 

(Autor desconhecido)