Um homem passou 15 anos preso, acusado falsamente por seus inimigos. Libertado, foi visitar um velho amigo que vivia solitário numa encosta da montanha. Na hora da despedida, o amigo lhe perguntou:

- Você já perdoou seus inimigos?

- Isso nunca!

- Então, você ainda está preso, meu amigo!

 

(Autor desconhecido - adapt.)