Na Andaluzia, região do sul da Espanha, era costume pintar a fachada das casas para a primavera.

 

O pai do pintor sevilhano Javier de Winthyssen, antes de pintar a fachada de sua casa, mandava o pintor à casa do vizinho do outro lado da rua, perguntar-lhe de que cor queria que a pintasse.

 

Quando lhe perguntavam por que fazia isso, o simpático velhinho respondia:

 

- É ele quem a verá e quem a desfrutará. É natural que eu a pinte de acordo com seu gosto.

 

(Juan Ramón Jiménez)