Um dia o sábio mestre disse aos seus discípulos:

- Amanhã faremos uma longa excursão. Mas antes de vir até aqui, passem por uma floricultura e tragam uma rosa.

 

Os discípulos ficaram admirados com esse pedido, mas ao amanhecer do dia seguinte, antes de ir ao ponto de encontro, compraram uma rosa de delicada fragrância. Reunidos com o mestre iniciaram a longa caminhada, que os levou até um lugar árido e deserto.

 

O sábio mestre parou e lhes pediu:

- Fixem a rosa pelo talo na areia do deserto.

 

Mesmo espantados com esse pedido, os discípulos obedeceram o mestre. Então ele lhes perguntou:

- Que é que vocês acham: a rosa continuará exalando seu perfume ainda que nós nos retiremos e não fique ninguém para cheirá-la?

- Certamente - responderam todos unanimemente.

- Mais uma pergunta: ainda que não exista ninguém para contemplá-la, ela continuará exibindo sua beleza?

- Sem dúvida, ela continuará exibindo sua beleza!

- Pois assim é o verdadeiro amor. Mostra sempre seu perfume e sua beleza, ainda que não exista ninguém para recebê-lo ou, até mesmo, quando ninguém quer recebê-lo!

 

(Autor desconhecido)