Wiseman era um famoso e sábio cardeal irlandês, autor de vários romances, alguns dos quais se converteram mais tarde em filmes famosos, como "Fabíola", etc...

Em certa ocasião, estava conversando com um inglês, antigo amigo de infância, agora, poderoso, rico, consumista e utilitarista, sobre vários assuntos, entre eles, sobre a existência de Deus, que o inglês negava sucessivamente. A todos os argumentos apresentados pelo sábio cardeal e amigo, ele sempre respondia:

 

- Não! Deus não existe! Não o vejo!

 

Então, o cardeal escreveu a palavra "Deus" num papel e colocou sobre ela uma moeda.

 

- Que vê agora? - perguntou-lhe o cardeal.

- Uma moeda! - respondeu o inglês.

 

- Nada mais? - insistiu o cardeal.

- Nada mais! - confirmou o inglês.

 

Tranqüilamente, o cardeal tirou a moeda, e perguntou:

- E, agora, que vê?

- Vejo "Deus" - respondeu o inglês.

- O que lhe impedia ver Deus? - insistiu o cardeal.

 

O inglês não respondeu...


(Autor desconhecido)