O vigário estava tentando convencer o bêbado de que não podia continuar bebendo daquele jeito.

 

- Não deve beber assim! A bebida é seu maior inimigo!

- O senhor não disse - enrolou a língua o bêbado - que Jesus Cristo mandou amar os nossos inimigos?

- Amá-los, sim - retrucou o vigário - mas não bebê-los!

 

(Autor desconhecido)