Uma formiga carregava uma enorme folha. A formiga era pequena e a folha devia ter, no mínimo, dez vezes o tamanho dela. A formiga a carregava com muita dificuldade. Às vezes a arrastava, às vezes a levantava sobre a cabeça. Quando o vento batia, a folha tombava, fazendo cair também a formiga. Foram muitos os tombos, mas nem por isso a formiga desistiu de sua tarefa.

 

Finalmente chegou próximo de um buraco, que devia ser a porta do formigueiro.

- Até que enfim ela chegou!

Pura ilusão. Na verdade, apenas tinha acabado uma etapa.

 

A folha era muito maior do que a boca do buraco, o que fez com que a formiga a deixasse do lado de fora.

- Coitada, tanto sacrifício para nada!

Mas ela surpreendeu com uma nova iniciativa.

 

Do buraco saíram várias formigas, que começaram a cortar a folha em pequenos pedaços. Em pouco tempo, a grande folha havia desaparecido dentro do formigueiro.

 

***   ***   ***

 

O que a formiga lhe ensinou?....

 

(Adaptação de um texto de Ninon Rose)