ORIGEM DA PALAVRA "SINCERIDADE"

PRIMEIRA VERSÃO

Quando os artesãos do mármore, na antiga Roma, faziam, acidentalmente, talhos muito profundos em certas partes das estátuas que estavam esculpindo, procuravam, manhosamente, esconder tais falhas, enchendo os sulcos com pedaços de CERA da mesma cor, mascarando, assim, os defeitos ocasionados pela má execução de suas peças, que eram, no entanto, vendidas como perfeitas.

Outros escultores, todavia, desejando vender as suas obras com honestidade, anunciavam no pedestal delas que eramSINE CERA(sem cera). De tal prática, derivou-se a palavra SINCERA”.

 

SEGUNDA VERSÃO
(De Malba Taham)

A palavra SINCERA foi inventada pelos romanos.

Eles fabricavam certos vasos de uma CERA ESPECIAL. Essa cera era, às vezes, tão pura e perfeita que os vasos se tornavam transparentes.

Em alguns casos, chegava-se a se distinguir um objeto - um colar, uma pulseira ou um dado -, que estivesse colocado no interior do vaso. Para o vaso assim, fino e límpido, dizia o romano vaidoso:

- Como é lindo !!! Parece até que não tem cera !!!

"Sine cera" queria dizer "sem cera", uma qualidade de vaso perfeito, finíssimo, delicado, que deixava ver através de suas paredes e da antiga cerâmica romana.

vvvvvvvvv

 

O vocábulo passou a ter

um significado muito mais elevado.

Sincero, é aquele que é

franco, leal, verdadeiro,

que não oculta, que não usa disfarces,

malícias ou dissimulações.

O sincero, à semelhança do vaso,

deixa ver através de suas palavras

os nobres sentimentos de seu coração.

SINCERA é uma palavra doce e confiável,

é uma palavra  que acolhe...

E essa é uma palavra que deveria estar

no vocabulário de toda pessoa.