A sensação de que "meu pé dormiu" acontece quando a compressão do fluxo sangüíneo  (ao cruzar as pernas, por exemplo) interrompe o tráfego  de impulsos nervosos.

 

Ao restabelecer o fluxo, acontece uma espécie de "curto circuito" nos impulsos elétricos dos nervos,  daí a sensação de formigamento.

 

Há até um problema conhecido como "paralisia dos amantes". Quando o casal está dormindo, um dos conjugues pode ficar com o corpo em cima do braço do outro. O fluxo sangüíneo pode ficar interrompido por horas, comprometendo por meses ou até para sempre o   músculo do braço.

 

A solução para o formigamento é restabelecer o fluxo sangüíneo, movimentando o músculo.

 

Dependendo do caso, pode ser necessário fazer fisioterapia.