Em 1980, após uma tentativa sem sucesso da Nintendo ao fazer um jogo baseado no desenho Popeye, Miyamoto, considerado o pai do Mário, foi então solicitado pela empresa a projetar um novo jogo baseado em suas próprias idéias.

O resultado disso foi Donkey Kong, em o personagem "Jumpman" (Mário) tentava salvar a sua namorada Pauline do gorila Donkey Kong.

 

Para ser visto como ser humano e não como um mutante ou algo parecido, colocaram em Mário, um enorme bigode. Nos Estados Unidos, as pessoas perceberam que Mário era muito parecido com um funcionário da Nintendo, chamado Mário Segali, daí veio a idéia de trocar o nome de Jumpman para Mário, que já começou a ser utilizado no próximo jogo de Miyamoto, Donkey Kong Jr.

 

Mário originalmente era carpinteiro, mas depois dos canos em que ele entrava literalmente no famosíssimo jogo Mário Bros, passou a ser considerado encanador. Após o tremendo sucesso no Mário Bros, o personagem foi sendo trabalhado ainda mais. Criaram Luigi, seu irmão, além disso, montaram uma história mais bem elaborada, com objetivos e vilões bem definidos, além de incrementar os poderes e os amigos de Mário.

 

O encanador é sem dúvida o principal ícone da Nintendo e talvez seja também, o principal dos jogos eletrônicos. A série Mário já possui mais de 184 milhões de cópias vendidas, e os jogos de Mário vão desde o modesto Super Nintendo até o moderno Wii, ambos da Nintendo.

(Curiosidades - Brasil Escola)